AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

sábado, 29 de novembro de 2014

PRESENTE DO INDICATIVO

"Meu tempo poético para ti é único.
És minha frase preferida e minha oração diária.
És meu verbo de ligação e meu predicado
Teu nome é meu pronome e meu adjunto.
Minha vírgula, minha pausa, meu ritmo
Meu pretérito mais que perfeito."
                                                        PDR  -  21 de dezembro de 2011




sexta-feira, 28 de novembro de 2014

DECLARAÇÃO DE SENSUALIDADE EM VERSOS E FOTOS

O blog hoje recebe uma poeta da blogosfera. Uma visita importante, que espero que agrade a todos(as). Além da declaração de sensualidade em fotos, ela nos deixa uma declaração de "próprio punho" e nos deixa um poema.  Uma declaração de sensualidade em versos.

"Sou poeta. Sou costureira de palavras sensuais.
Adoro tecer versos com a agulha de meu desejo, de minha sensualidade.
Sou de compor retalhos das palavras e imagens que recolho.
Sou mágica, tesuda, deliciosa, gostosa, guerreira...
Sou linda.  Maravilhosa...."
 
 
 

"Lembras do convite capcioso?
pois aqui estou meu amor
para fazermos algo gostoso
ao seu devasso dispor...
sensual e liricamente aflorada
inspiro-me ao ser devorada
por um beijo de língua melado
um abraço com corpo suado
que profane o meu recato
tocando o meu ponto exato
que me sugue com ousadia
bebendo meu gozo em poesia
qual pássaro à comer alpiste
quero degustar-te em riste
contorcendo-te em espasmos
ao rouba-te muitos orgasmos!"

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

POSSUIR-TE POR INTEIRA

Hoje eu queria ser o dono da constelação 
Onde és a estrela mais brilhante.
Ser o oxigênio que alimenta o fogo da lamparina de seus olhos.
E ter meu caminho eternamente iluminado.
Queria ser a essência que te perfuma a pele, impregná-la de mim.
Hoje, eu queria ser o dono de ti...
O dono de teu corpo e de tua alma
De tuas manhãs, tuas tardes e noites...
Tuas implicâncias, tuas distâncias, teus risos, teus sisos
Dono de tuas verdades, tuas saudades!
Queria olhar o fundo dos teus olhos e inundá-los de paixão.
Tingir nossas línguas com o gosto e a cor das amoras...
Fundirmo-nos, num abraço inseparável.    
                                                                           PDR, Fevereiro/2001

 


domingo, 23 de novembro de 2014

DELITOS DE SIGMUND FREUD

Verdades Freudianas. Delituosas, mas verdades:
1)  Se o amor é cego, apalpe;
2) Nenhum mortal pode guardar um segredo. Se sua boca permanece em silêncio, falarão as pontas de seus dedos.
 
 

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

FLAGRANTES DA VIDA REAL....

Eu retribuir-te-ia prazerosamente tal agrado... beijaria suavemente tua boca para contigo compartilhar das águas que do meu rio escorrem..
Morderia de leve teu pescoço e sussurraria ao teu ouvido, avisando-te "vou descer paixão... parar em teu umbigo e fazer o caminho de volta... depois, desço mais um pouco..." 
E assim eu faria querido...
Aclivando teu corpo... passeando pelo teu peito... linguando teus mamilos... e quando chegasse em teu umbigo, olhar-te-ia nos olhos...passaria a mão nos pêlos do teu abdômen. e declivaria teu corpo em reverso...
Pedir-te-ia para  virar de costas...morderia gostoso tua bunda, passando a língua no meio dela viria cheirando-te.., inalando teu aroma... arranharia as tuas costas... passaria meus seios entumecidos nela para que tu sentisse o estado em que meu corpo se encontra...
Sentaria na tua tua cintura e esfregaria minha vulva quente e molhada em ti, enquanto te mordo o lóbulo da orelha...
Desceria novamente e começaria a sugar-te o "saco" por trás fazendo com que tu abrisse-te para mim e virando-te então eu faria menção de sorver teu membro teso... mas ainda não... tenho mais a fazer-te contigo antes....
 
 
 


terça-feira, 18 de novembro de 2014

TEU CÉU, TEU MAR!

Sou uma poeta das imagens. Gosto de poetizar sobre casas, flores, frutos, pássaros e mares.
Mares calmos e revoltos, mares livres e soltos, como minha própria personalidade...
Sou assim... sou céu, sou mar. Sou sol, sou lua e sou o fruto de minhas imagens.   Quero que minha imagem seja o tema desse post.... quero ser  olhada como uma imagem inesquecível de minha câmera. Quero ser admirada. Desejada. Quero ser teu céu e teu mar....  
"Eu quero ser teu céu e teu mar.
Conter-te, do tamanho de todas as estrelas...
Ser capaz de possuir todas as gotas de chuva,
E te molhar de amor.

Eu quero ser teu céu
E onde estivesse, eu estaria cuidando de ti.
Olhando-te, iluminando tua noite e teus dias.
Faria de ti, meu sol, minha lua,
Dona de todas as minhas luzes e sombras
E nos amaríamos num quarto crescente qualquer.

Eu quero ser teu mar.
Com todo meu azul para te enfeitar a vida.
Ao molhar-se, tu me olharias com teu doce olhar
E diria:  'Te encontrei, amor de mim.'
E eu – teu mar azul – secaria tua procura."

domingo, 16 de novembro de 2014

METADES SIMÉTRICAS

Tenho duas metades simétricas.
A primeira metade:   Te idolatra. Para ela, és a mulher mais pura, mais perfeita e mais inteligente do mundo. És um modelo de mulher, trabalhadeira, esforçada, uma companheira a toda prova. Uma deusa de bondade, de alegria, de ternura, de aconchego.  A profissional mais competente do mundo.
A melhor cozinheira do mundo.... a mulher mais sem pecados do mundo... uma santa na terra!!!
A segunda metade: Quer te comer toda, o dia todo, o tempo inteiro....  quer te lamber, te chupar de todas as formas e jeitos!
Quer comer-te em pé, deitada, de quatro, de barriguinha para baixo, de barriguinha para cima.... te quer de frente, de trás:
 
 
Quer que você me ponha todo na boca, me lamba, me provoque, quer que me peça para te foder o dia todo:
 Quer que me peça para comer tua bundinha, para fazer de tudo um pouco, me peça para te chamar de puta, quer que me peça para nos deixemos esgotados de tanto amor e sexo....
 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

TU... DELITUOSAMENTE TU!

Me trouxeste  a ternura
Do verbo te querer
Me criaste a loucura
Do verbo  viver...

Me deixaste a  aventura
Do verbo te fazer
E me deixaste a secura
Do verbo te ter

Me deste a fruta madura
Do verbo te comer
Me ensinaste  a doçura
Do verbo te conhecer.      
                                            (PDR - Setembro/2012)

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

MEU GOZO EM TUA BOCA....

Meu gozo na tua boca.
Meu sêmen, minha semente.
Plantada no solo fértil de tua língua.
Jardim coberto pelo céu de tua boca,
Iluminado pelas estrelas de teus prazeres.
Colho-me ainda na tua boca,
Regada pela fertilidade de tua saliva.
E trocamos beijos, trocamos línguas.
E nos sentimos donos do mesmo gozo.
                                                                             (PDR - agosto de 2012) 


domingo, 9 de novembro de 2014

PERSONIFICAÇÃO

Travesseiro:
Acolher teus cabelos e sonhos,
Embalando-os ao som de poemas
Em forma de canção.

Lençol:
Acomodar-te nas minhas dobras
E receber teu corpo desnudo e lascivo.
Aquecendo-o.

Sabonete:
Percorrer as dobras de teu corpo,
Num ato de magia e sensualidade
Numa troca íntima de perfumes.

Toalha:
Acariciar teu corpo, e
Lambê-lo integralmente
Na ternura das horas da manhã...

                                                                         PDR - fevereiro de 2013
 

sábado, 8 de novembro de 2014

EXPRESSÕES QUE ADORAMOS OUVIR.....

Nós, homens, adoramos ouvir o "Aiiiii amorrrr eu vouuu gozaarrrrr"!
Ahhhh, se as mulheres soubessem esse elogio maravilhoso que adoramos ouvir !!!!
 
 

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

PEQUENAS COISAS PRECIOSAS

Tua pele. Na minha pele. Teu gozo. Na minha boca. Meu gozo na tua boca.
O jeito doce de receber meu gozo. O jeito doce de me dar teu gozo.
Teu olhar. Nos meus olhos. Teus lábios nos meus.
O teu corpo. Contemplo. Teu corpo o meu templo. O meu tempo.
A minha infinita paixão pelas estrelas do céu de tua boca....
 
 

terça-feira, 4 de novembro de 2014

AMAR... DELITO INTRANSITIVO!

"Eu te amo....
Sussurro essas palavras ao teu ouvido!
Não as sussurro!
Pronuncio-as como se descascasse as letras,
Expondo a polpa de meus sentimentos.
Pertenço-te unicamente.
Sou teu segredo inconfessável."
(PDR -  maio de 1996)
 
 
 


domingo, 2 de novembro de 2014

SEM INSPIRAÇÃO....

Hoje, sem inspiração. Sem muito a dizer.... sem qualquer poema a ser postado, embora tenha tantos e tantos guardados nas gavetas físicas de meu pequeno mundo e nas gavetas de meu coração.
Hoje, sem nada de novo a apresentar para amigos(as), leitores(as).... nada a dizer. Nada a acrescentar à vida de quem quer que seja....Nenhum post, nenhum poema.... nada de novo.
O que eu posso postar aqui ???
Fotos, imagens e dizeres, todos já estão cansados de ver pelo mundo da internet.... nada de novo que se possa acrescentar.... Mulheres nuas? Basta um clique e verão milhares delas.
Paus, bucetas, cuzinhos..... chupanças, lambidas, sacanagens diversas? Ahhhh milhões dessas imagens estão disponíveis.... Mulher com mulher, homem com homem, mulheres com homens e mulheres, trios, quatrilhos.... nada de novo tenho a acrescentar a vocês hoje.....
Hoje, acho que eu queria era mesmo um amor de meu.... alguém para me acarinhar, ouvir meu violão e minha voz, tocar-me, dizer-me que me quer, que sou único.... ouvir algum poema meu (mesmo ridículo!) e se encantar com ele....
Ahhh hoje eu queria ser eu! Tímido, apaixonado, puro, imaginativo, criativo... hoje eu queria ser amado.... acho que hoje, eu queria ser delituosamente amado.
PDR, 02 de novembro de 2014...