AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

DELITO DO DESPREZO

O Beijo (Toulouse Lautrec)
Não se desfaça dos pedaços que de mim fizestes.
Não se desfaça dos carinhos que fiz-te
Na tua pele inteira.
Nem cuspa as minhas lágrimas
Que enxugastes com beijos.

Não se desfaça dos prazeres que minha língua
Deixou impregnada na tua carne.
Nem do toque dos meus dedos no teu íntimo.
Tampouco, esqueça o peso do meu corpo sobre o teu.

Não deixe de olhar os teus ombros.
Neles existem marcas dos meus beijos
E o traço invisível dos meus lábios e dentes.
Não te olhe no olho!
Corres o risco de encontrar no fundo de tua retina
Minha imagem.

Eu me olho no olho todos os dias! Te vejo!
Toco em minha pele e sinto a tua mão.
Sinto ainda o gosto de teu líquido
Que escorre e molha meus lábios.
E sinto de forma cruel,
As amarras de tuas pernas em torno de mim
Retendo-me num aperto íntimo!
Inesquecível!
                                                                  PDR - Outubro de 2012

26 comentários:

  1. Lindo e doce! Deliciosamente doce. Um tesão de poema.
    Um pedido para que a mulher amada não o esqueça, nem o despreze.
    A imagem é surpreendentemente erótica.
    Como nos velhos tempos.
    Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amei tua visitinha... sumidinha!!!!
      Possivelmente sábado (depois do Hospital) vamos ter uma pequena session. Um sarauzinho.... bossa nova, um jazzinho maroto e uma MPB descolada.....

      Excluir
  2. Um poema tocante, belo mas ao mesmo tempo um tanto triste e melancólico! A imagem lembra um pouco o estilo de pintura de Társila do Amaral se eu não me engano!

    Vinícius Podólatra (minha total solidariedade aos 12 mortos no atentado terrorista em Paris ontem)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vinícius... belo elogio o teu!!!
      O poema é mesmo melancólico, tem um tom de ausência.... foi um período difícil para mim.... mas enfim!!!!!
      A imagem é um quadro do Henri de Toulouse Lautrec, um pintor francês pós impressionista.... Não vou copiar um pedaço da biografia dele aqui.... vale a pena ir à wikipédia para ler a história desse carinha genial (doente!!!).
      A vida dele.. meu amigo é uma vida de artista parisiense...
      A Tarsila é uma pintora brasileira, modernista...cuja obra principal é o Abaporu.... Também vale a pena dar uma "vista d´olhos" na biografia dela.
      O que me intriga é que tanto o Toulouse-Lautrec quanto o Michel Petrucciani tinham praticamente a mesma doença. Aquele um pintor genial.... este um músico de jazz sensacional que tive a oportunidade de vê-lo nos Estados Unidos... coisa muito séria.... depois entre no youtube e ouça o Michel.... barbaridade tchê!!!

      Excluir
  3. Um poema divino, profundo.

    ;Mais palavras para quê?
    Excelente publicação
    ......................

    ResponderExcluir
  4. Divino. Apaixonante. Nunca vou te desprezar.
    Te adoro mocinho gostoso! .

    ResponderExcluir
  5. Doces palavras... Gostei de ler.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite... E muitos parabéns pela sua veia poética, adorei
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria.... me perdoe!!!!
      Errei..... esqueci de trocar o nome!!!

      Excluir
  7. Excelente,sem mais palavras :)

    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Como sempre nos surpreende. amei

    Venha daí, kkkkk
    Beijoos

    http://anginhasexy.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. Tiene un poco de melancolía... Y eso, a pesar de todo, es bello.
    No he podido entenderlo bien del todo pero me ha quedado buen sabor de boca porque los recuerdos no existen cuando se piensa.
    Besos de Pecado.
    Una excelente entrada. No estaba a costumbrada estas lindezas y me siento satisfecha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pues venga siempre que intentaré hacerte satisfecha....
      Si.... el poema es mismo un poco melancólico.... fué una época muy difícil en mi vida....!!!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Um beijo Marie.....
      Venha sempre.... e faça contato!!!!!

      Excluir
  11. Maravilhoso...desprezar-te jamais....
    Apesar dos pesares tu moras no meu coração...

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. Ai Sandra...você está me elogiando tanto que fico até meio bobo!!!!

      Excluir
  13. Respostas
    1. Maravilhosaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
      Doçura e lindeza
      Lindoçura!!!

      Excluir

Delito maior é não comentar aqui!!