AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

TERNURA

Desvio dos teus ombros o lençol, 
que é feito de ternura amarrotada,
da frescura que vem depois do sol,
quando depois do sol não vem mais nada...

Olho a roupa no chão: que tempestade!
Há restos de ternura pelo meio,
como vultos perdidos na cidade
onde uma tempestade sobreveio...

Começas a vestir-te, lentamente,
e é ternura também que vou vestindo,
para enfrentar lá fora aquela gente
que da nossa ternura anda sorrindo...

Mas ninguém sonha a pressa com que nós
a despimos assim que estamos sós! 
                                                       David Mourão-Ferreira, in "Infinito Pessoal" 

30 comentários:

  1. I'm first? :)
    Tenha uma boa semana, meu kerido!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yessssssssss
      You´re the first.....whenever!!!! And always!!!
      Hummm que delícia você vir aqui numa segundona.....
      Não quero que você tenha uma boa semana....
      Quero que tenhas uma maravilhosa, ótima. perfeita, linda, tesuda e cheia de sucesso...

      Excluir
  2. Aiaiai... cá eu a suspirar... amo poemas assim...

    яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα
    =';'=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cléia Fialho.... delícia de poeta leoa.
      O poema é indescritível.
      O poeta foi-me apresentado por uma leitora..... queria ter talento para escrever algo assim!!!

      Excluir
  3. Boa tarde P.D.R

    Brutal este poema...Cheio de carinho, e grandes verdade.
    Adorei.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga...
      Esse poeta é português e talvez tu conheças a obra dele.
      Brutal o poema... lindo...

      Excluir
  4. Poema e imagem lindos.
    Beijão, meubem ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudades de ti.....
      Poeta Simone Lima-Linda
      Outro beijão!!!!!

      Excluir
  5. Lo he traducido y me ha gustado mucho.
    Buena elección amigo mío.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amowhor...
      Ese es un poeta portugués muy rico.... muy interesante...
      Gracias por todo!!!

      Excluir
  6. Nos trâmites do bom sexo, não existe maior ternura do que dividir o prazer com quem se ama!
    Existe toda ternura nos beijos, nas pegadas, amassos, mordiscadas, esfregadas de pau na entradinha da xoxota ou da bunda, uma reconfortante massagem nas costas, descendo pela bunda, pernas até os pés, relaxando e liberando energias bloqueadas para fluir por todo corpo... Não se pode negar que sexo precisa ser puro tesão, mas a boa e velha ternura romântica não pode faltar jamais! Tem de ser exercida mutuamente!

    Vinícius Podólatra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito.....adoro essa palavra... Ternura.
      Esse poeta português é sensacional.... aliás, Portugal deu-nos e dá-nos maravilhosos poetas....!!!
      Grande abraço amigo!!!!

      Excluir
  7. Excelente,muito intenso,gostei :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gandalf...... tua terra é fonte inesgotável de poetas maravilhosos!!!

      Excluir
  8. David Mourão-Ferreira sem dúvida uma escolha mestra, apesar de saber que não é aqui "necessário". Tens garra, sabores, sentidos e caminhos que nos levam a paraísos inimagináveis. É impossivel não ficar nú perante o que escreves e esperar que nos escolhas para repousar em nós...deita a tua cabeça no meu colo e deixa-te levar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Madagascar.....
      O David-Mourão é mais um daqueles fenômenos que só Portugal é capaz de gerar....

      Excluir
  9. Boa tarde, Perfeito poema do David Mourão, quem não gosta de belos poemas?.
    Na minha próxima foto, vou tentar indicar o sitio onde a mesma foi captada, entrando digo-lhe que na minha ultima, a mesma foi captada na Ria Formosa/Algarve/Portugal.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creio que você o conhece não????
      Tua pátria nos lega uma montanha de poetas maravilhosos.... essa terra linda que eu adoro!!!!
      E coloque uma legenda nas fotos.... para eu ir preparando meu roteiro de viagem!!!!

      Excluir
  10. Nossa que terno!!!
    Poeta maravilhoso tal qual o poeta dono deste blog!
    Acompanhei um blog totalmente poético,dele, e sei do que estou a falar. ( Gostou do meu sotaque português?rs)

    Posso deixar um p-essezinho?rs
    PS:Passei lá no post do teu lado feminino e adorei!
    Cara! Tu é fogo, hein! kkkkk

    Outro beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummmm ai eu me derreti, com esse elogio sensacional..... chamar-me maravilhoso....!!!! Aiiiiiiiii...
      Ó gaja, tu estas a falar com uma portuguesinha de Lisboa....
      Só falta falar assim ó pá!!!!
      Risos.. eu adoro o povo português, o País deve ser lindo e maravilhoso (como você!)
      Pois é Lu... meu lado feminino está cada dia mais aflorado... hehehehehehe!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    2. Eu é que agradeço o elogio, ora pois!rs
      Deve ser lindo sim... Sou doida pra conhecer!
      Também adoro esses nossos irmãos e tenho muitos leitores portugueses, assim como você! Estamos até a aprender o sotaque, né não, pá! Olha a mistura!rsrs Se bem que nós é que falamos com sotaque ja que a língua é deles!rs

      Pois é menino. Tu tá demais!rsrs

      Beijo luso!

      ps: Ah! Te respondi lá!
      E obrigada pelo carinho, meu anjo!

      Excluir
    3. Obrigado a você querida e doce amiga....
      Que tua vida seja uma fonte de bençãos, felicidades, saúde, força e fé....!!!
      Tu tá demais gaja!!!!!!

      Excluir
  11. Respostas
    1. Obrigado Adim....
      O poema desse cara é o tchammmmm!!!

      Excluir
  12. David Mourão. Uma escolha fabulosa PDR.
    Acompanha a foto na perfeição. :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imp.. que delícia de surpresa-visita!
      Pois é, tua terra é pródiga em poetas maravilhosos.... e eu escolhi esse!!!!!
      A foto deu um belo trabalho para encontrá-la!!!

      Excluir
  13. Eu acho que conheço este poema... se a memória não me falha já comentei um post seu com este mesmo poema... estou certa?
    Beijos daqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga Lírio Selvagem.... obrigado pela visita.... linda e surpreendente visita!
      Vamos por partes:
      a) Foi a Senhorita quem me apresentou esse poeta fantástico (assim como a Otília Martel e o Antonio Botto);
      b) O post que você comentou foi o "PEQUENAS COISAS PRECIOSAS", com o seguinte poema e o seguinte comentário:
      "Deixo-te mais um poeta português: David Mourão Ferreira"

      "Quem foi que à tua pele conferiu esse papel

      de mais que tua pele ser a pele da minha pele?
      Cintilação de luas
      
assim que te desnudas

      às escuras
      Diante do teu ventre

      como não dizer “sempre”

      novamente.

      Ó lâmina e bainha

      de outra espada ainda

      Tua língua
      Ruge. Reprende. Arrasa
      
Desde que sempre o faças
      
com as asas

      Vem dos arcanos de outro tempo
      
ou dos anéis de outra galáxia
      esta espessura transparente

      que só na cama as almas ganham"

      Obrigado pela visita e por mais esse poeta sensacional que passei a conhecer....
      Beijinhos daqui ó.....

      Excluir
  14. Respostas
    1. A ranura é só para pessoas especiais mocinha... essa palavra tem dona.... essa palavra é exclusiva.
      Exclusivíssima.. ela será dita na ocasião própria...!!!

      Excluir

Delito maior é não comentar aqui!!