AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

COMUNICADO IMPORTANTE.....

Todos nós blogueiros porno-eróticos (que sejam!!!) que, em nossos blogs, apresentamos imagens eróticas, pornográficas, nuas etc etc....tomamos um grande susto, pela notícia que o blogger colocou em nossas páginas (ipsis litteris): 
"A partir de 23 março de 2015, não será mais possível compartilhar publicamente imagens e vídeos que sejam sexualmente explícitos ou mostrem nudez de forma ostensiva no Blogger. Observação: a nudez ainda será permitida se o conteúdo oferecer um benefício público importante, por exemplo, em contexto artístico, educacional, científico ou de documentário."
Confesso não ser lá muito inteligente, mas a plataforma blogger quer, com isso:
a) Acabar com imagens de pessoas nuas na internet...  A plataforma blogger, em seu delírio note-americano, quer ser a palmatória do mundo;
b) O recado, em português dúbio, deixa brechas no que pode e não pode;
c) Finalmente, é direito do blogger, cobrar para isso.... então a plataforma está interessada em dinheiro e não na moralidade do fato... deixando -nos a questão filosófica da moral da nudez e do sexo.  
Dito isso, eu posto aqui imagens nuas que oferecem um benefício público importante, tanto para minhas leitoras, quanto para meus leitores (Gays, Lésbicas, Transsexuais, Simpatizantes et etc já que cada um sabe de si...)    E FAÇO MEU QUESTIONAMENTO:  
ALGUÉM PODE ME APRESENTAR ALGO MAIS BENÉFICO QUE ESSAS IMAGENS???? 
 
 
 
 

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O PARAÍSO É AQUI

O paraíso é onde nossas línguas tocam nosso íntimo.
É onde se encontram meus sonhos e teu desejo.
O paraíso é onde encontro minha felicidade.
O meu paraíso é teu corpo.
O teu paraíso é meu desejo... é o despertar de teu desejo
O nosso paraíso é aqui
Nesse rio de ternura onde bebo teu gozo.
Onde minha língua mergulha no mar de ternura de jorra de ti.
                                                                                     PDR, fevereiro/2015
 

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

POEMA DOCE NUM BLOG ERÓTICO

Quisera ser o  mago mais poderoso do mundo
Para ordenar aos anjos do céu que descessem à Terra
E pintassem a beleza de teu rosto, a luz de teus olhos...

Quisera eu ser  um homem que tivesse
Mil olhos para contemplar toda a formosura que emana de ti...
E que tivesse mil mãos para acariciar teu corpo resplandecente
De tanta beleza que me enleva a alma

Quisera ser eu o dono de todas as flores  do mundo
Para que,  em cada instante que tu abrisses os olhos
Tu me encontrasses nelas...

Quisera eu a ventura de ver-me em teu olhar
E que eu pudesse  ver-te em minha retina em todos
Os instantes de minha vida.....

Quisera eu, ter a magnitude de proclarmar-me teu...
Olhando –te os olhos doces, ternos e suaves...
Ah.. eu queria ser o homem mais lindo e formoso do mundo
Para que tivesses a doçura de dizer-me:
Quero-te,  quero-te, meu hoje e sempre..
                                                                     PDR 20 de fevereiro de 2015

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A INCÓGNITA QUE ÉS...

Teu corpo é o limite de meu desejo
Quero sentir o hálito embriagador do vértice de tuas coxas.
E lamber as curvas elípticas de tua vagina e o círculo perfeito do teu ânus.
Quero o cheiro das arestas de teu corpo, seus côncavos recônditos,
E a intersecção entre os planos do teu íntimo,
Onde escondes o ponto para onde converge o centro de teu gozo.
Quero explorar os cones de teus seios, com minha língua ávida.
Quero ser possuidor do conhecimento mais agudo:
A incógnita do binômio "teu corpo-tua alma".
                                                                                  PDR, fevereiro de 2015
 

domingo, 15 de fevereiro de 2015

DESCOBERTA

Teu corpo permitiu-me descobrir
O amor e a paixão...
Em teu corpo fiz-me teu homem.
Poeta e amante.
Teu corpo deu-me prazeres inimagináveis.
Inconfessáveis delírios.
Hoje, me resta colher as poesias
Que escrevi nas dobras de teu corpo,
Recolher as sobras da memória e colher lágrimas
Que insistem em molhar as folhas de meu caderno.
Como aquelas gotas de meu amor que recolhestes
Nas horas íntimas que dividimos, em nosso mundo.
                                                                            PDR, fevereiro de 2015

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

SE RESTA EM TUA LEMBRANÇA....

Longe de mim,
Sei que superas minha ausência
Com tuas próprias mãos.
Mesmo ausente, faço-te minha.
Fazes-me teu
Fazemo-nos um só!
                                              PDR, junho, 2012 

domingo, 8 de fevereiro de 2015

INTEGRALMENTE TEU

No mar gelado de minha vida
Navega um barco à deriva
Açoitado pelo vento forte:
O medo de te perder...

Me tome nos braços, e
Ofereça-me o teu colo de amante amiga.
Me sopre nos ouvidos
A canção de ninar de meu coração

Me olhe nos olhos e
Me diga que o vento forte 
É o vendaval de ternura
Que brota de dentro de ti.

Me socorra em teus braços
E me acolha em teu corpo, porto seguro
Desse meu corpo,  barco frágil
Que é integralmente teu.
                                                   PDR, Maio de 2012



quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O AÇOITE DE TUA LÍNGUA

Sinto de tua língua o corte, aquele prazer que me ilumina
A noite.
Tua língua é o chicote que rasga o rosto de meu sentimento
O açoite.
Do meu falo.
É a carícia, entre todas, a preferida de nosso melhor momento.
Minha sorte, minha sina.
Minha luz. Meu halo.
                                             PDR, outubro de 2014

domingo, 1 de fevereiro de 2015

FOME GLORIOSA

Hoje, eu pendurei  o meu amor
Na janela, aquela que está aqui
No meu coração, no varal de minha vida...
 Aquela janela onde você entra todos os dias
Onde você se instala e se deita
E me olha com olhos famintos de amor.
E eu te olho, te devoro com o olhar
Da fome gloriosa que me despertas.
 Aquela janela que não se fecha nunca
Pois é por ela que entra você, o sol de minha vida
E onde ponho para secar a estampa florida
De seu sorriso, quando minhas lágrimas de saudade
A encharcam...
                                                       PDR, outubro de 2012