AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

quinta-feira, 30 de julho de 2015

A DOCE LEVEZA DE MEU PESO

"Hoje queria cobrir teu corpo com o meu.
Fazer-te sentir o meu peso.
Encher-te com meu pênis rijo e pulsante,
Obrigando-te a obedecer aos movimentos frenéticos de meu corpo,
Durante o meu gozo incontido.
E meu pênis iria guardar, inesquecivelmente,
O abraço do receptáculo glorioso de teu corpo."
                                                                PDR, julho de 2015
 

sexta-feira, 24 de julho de 2015

MEMORIAL DE MIM

"Tenho o sonho intocável de fazer-me
Memória de teu corpo.
Ser parte inesquecível das carícias que tua pele guarde.
Ser o memorial dos olhos da tua paixão.
Ser teu caminho.
Ser tua perdição."
                                                       PDR, julho de 2015

sábado, 18 de julho de 2015

A DOÇURA DA ESPERA

Foi tanta espera...
Mas quem me dera!
Saber que agora
É a nossa hora...
                                           PDR, fevereiro de 2001
 

quarta-feira, 15 de julho de 2015

A PROIBIDA FORMA DE TE AMAR

Tomo teu corpo,
Ciente do proibido do gesto.
Da proibida forma de te amar.
De possuir-te assim, desprevenida e ousada
Aquela ousadia que já me revelastes
No sussurro íntimo de nossas confissões.
Sinto o arrepiar de tua pele. O contato de meu pênis
Com a deliciosa rugosidade de teu ânus.
A penetração.
Antevejo teus ais, pronunciados de forma ardente.
Antevejo nosso gozo e a forma perplexa
Com que nos entreolhamos no íntimo do depois...
                                                                     PDR, julho de 2015

domingo, 12 de julho de 2015

ROUPAGEM DO AMOR

Meu pênis ereto. Cabide.
Tua boca.
Armário.
                                   PDR, fevereiro de 2014

sexta-feira, 10 de julho de 2015

DÚBIA DÚVIDA....

Ni siquiera sé lo que soy ...
Si yo soy tu cuerpo, si yo soy tu sexo.
Yo ni siquiera sé a quién pertenezco
Si a ti o a mi .
El ajuste es inexorable :
Soy todo tuyo. Totalmente tuyo. Cuerpo, alma y sexo.
Te pertenezco.
                                                          
Nem sei mais o que sou...
Se sou teu corpo, se  sou teu sexo.
Nem sei mais a quem pertenço
Se a mim ou a ti.
A definição é inexorável:
Sou teu. Integralmente teu. De corpo, alma e sexo.
Pertenço-te.