AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

AS NÁDEGAS

¨Porque das nádegas
a curva
sempre oferece
a fenda
o rio
o fundo do buraco

Para esconso uso do corpo
nunca o fraco
poder do corpo em torno desse vaso

Ambíguo modo
de ser usado
e visto

De todo o corpo
aquele
menos dado

preso que está já
do próprio vicio
e mais não é que o limiar de um ato.¨
                      Maria Teresa Mascarenhas Horta escritora e poetisa portuguesa
                      Nasceu a 20 Maio 1937 em Lisboa, Portugal


47 comentários:

  1. a fenda que é como que uma prenda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fenda é uma prenda
      Mesmo que me renda
      A vida...
      Mas que a vida entenda
      Que amar a fenda
      É minha senda.

      Obrigado amigo pelo ótimo comentário!
      Obrigado pela visita!!

      Excluir
    2. Menina deliciosa.... obrigado pela visita.... e repetindo você: Como prende!!!!!!!!!
      Beijaços ¨naquele lugar¨ .....

      Excluir
  2. Qué maravilla de poema! me ha encantado! Muy bueno! Las hendiduras siempre guardan secretos...
    Un abrazo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola lunaroja-de-pasión...
      Un dulce besito. Muchas gracias por compartir tus palabras por aquí.
      El poema es de acto muy lindo...Dejando claro que eso es también un acto de mucho placer...
      Besos!!!

      Excluir
    2. claro! mucho acto! ajajjj un besito! (ya puse el relato que te comenté la vez pasada aunque no sea erótico..) Nos seguimos leyendo!

      Excluir
  3. Intensos versos de esta poeta que desconozco, gracias por compartirlo.

    Compenetración a la medida para danzar entre el deseo y el placer.

    Besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Poeta-maga....
      Un placer leerte... aquí y en tu casa.
      Deseo y lacer diferentes pero en la medida exacta....
      Esta poeta es portuguesa....!!

      Excluir
  4. 这首诗的意思? Maria Teresa原来意思?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 这意味着以不同的激烈方式完成的爱情。

      Excluir
    2. 鲁迅笔下的AS NÁDEGAS却有不一样,它表现的是爱国主义精神

      Excluir
    3. ASNÁDEGAS,由這位詩人寫你顯示一個熱的雞巴進入她的cuzinho ...在她的臀部。

      Excluir
  5. Maravilhoso... a fenda, o ato, o poema...

    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Doce Cigana....
      A imagem é deliciosamente perturbadora.... o início do ato....o instante em que se consuma um prazer muito gostoso...
      O poema é fantástico...!!!
      Beijos.....

      Excluir
  6. Meu caro, o ponto mais íntimo que uma mulher pode oferecer a um homem...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pinkinha amiga docinha....
      Sem dúvida.... isso é para quem tem intimidade de sobra....
      É muito íntimo, muito particular... e para ser feito com amor!!!
      Obrigado pela visita!!

      Excluir
  7. Que bom que voltastes... e trazendo as nádegas. Saudades de tuas provocações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha doce amiga (e deliciosa amiga!!!)
      O problema é que dezembro é um mês sempre difícil para quem é empresário e professor ao mesmo tempo!!
      Mas j´estou aqui!!!!!!!!!
      Só que não consigo ir até teu blog!!!!!

      Excluir
  8. Existem "setas" assustadoras, ihhihihihhi
    .
    Nota: Temos uma brincadeira no Delírios. Quer participar?

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Lindo ... eu diria!!!
      Essa pátria portuguesa é senhora das palavras...!!!
      Só poeta que deslumbra olhos e sentidos!!!

      Excluir
  10. O ânus que, de tão apertado, chega a "mastigar" o pau! Entonces por que cargas d'água se usa o termo:"o fodedor foi lá e comeu mesmo"! Ué, mas não é a mulher que tem a "boca"?
    Outra coisa que me deixa bolada é:"a vadia deu pra uns dezoito"...não seria "emprestou"? Eu, hein?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois bem minha querida-chocolícia-minha-delícia....
      Você aqui se nos apresenta um belo roteiro de questões para um simpósio sexual....
      Comer um cuzinho quando o cuzinho nos come... dar ao invés de emprestar...
      Enfim, vamos montar um grupo de discussão filosófico em torno do cú????

      Excluir
    2. Você deveria saber as respostas...professor!!!

      Excluir
    3. Meu saber consiste em saber que nada sei!!!
      Sócrates!!!

      Excluir
  11. Acho eu que, o que eu mais gosto num belo rabo feminino, é de poder abraçar a mulher por trás e esfregar a cabeçona da piorca dura no sensual rebolado. ;) Eu sei que o homem vai à loucura com isso, mas eu pessoalmente adoraria saber o que a mulher pensa disso.

    Vinícius Podólatra (ansioso por 24 de janeiro!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu dileto amigo... o dia 24 é o dia em que vamos comer o cú de um ladrão 9 dedos.....
      Nossa pátria merece mais que esse ladrão e sua curriola nos deram!!!
      Abraçar a mulher por detrás e beijar-lhe a nua é outros dos privilégios de um belo e apaixonado anal....
      As mulheres, pelo que vejo, já começaram a gostar de mastigar um pauzinho pelo cu como disse nossa chocolícia!!!!

      Excluir
    2. Complementando, convido minhas leitoras para participar da enquete feita pelo Vinícius...

      Excluir
    3. Sobre anal não soy capaz de opinar!

      Excluir
    4. HUmmmm mentirosa....
      Sei que vc é chegada num analzinho bem devargarinho!!!

      Excluir
  12. Um poema, um gaio, um relâmpago em papada. Um sem abrigo no fluido que ferra, e uiva. É língua em tensão delicada.
    E no final? O poema é uma vulva onde nada se queima e tudo arde. A sepultura, era dos húmidos aromas que sempre é excluída à violência da autopsia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que honra.... aliás que maiúscula honra, receber uma artista das letras mais conceituadas de Portugal aqui no blog Pequenos Delitos.
      Um comentário brilhante, poético, provocante e provocador...
      Obrigado Luisa.... Obrigado Portugal por tão belas mulheres-poetas-escritoras!!!

      Excluir
  13. No tengo el placer de conocer a Maria Teresa Mascarenhas, pero investigaré.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMowhor... hagalo!!!
      Es una poeta sensacional.... llena de pasión y lujuria!!!

      Excluir
  14. Como sempre nos habituou a majestosos e sensuais post. Muito bom! :))

    Bjos
    Obrigada pela sua carinhosa visita lá no nosso blogue de poesias. Volte mais vezes.:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ir a teu blog é exercício de beleza, ternura e emoção.
      Poesia explícita e de ótimo gosto.... poemas bem portugueses com aquele toque de amor!!!

      Excluir
  15. Um post muito provocativo ....


    paz e amor
    1ManView

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peace and love brother!!!
      I know I must visit you!!!
      Within short!!

      Excluir
  16. Gosto dessa bocetinha :)))

    Beijos melados
    Espero por ti :)))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro a bucetinha e o cuzinho!!!!!
      Pode esperar que vou lá!!!!

      Excluir

Delito maior é não comentar aqui!!