AVISO AOS VISITANTES!

Bem vinda(o) aos PEQUENOS DELITOS RENOVADOS.
É um blog que mistura poesia e sacanagem (não nessa ordem). Suas contribuições (fotos, poemas, idéias) serão importantes para o blog. Sinta-se dono e ator principal desse blog.
A mais importante participação é sua visita. E claro, seus comentários...
Contate-me.... aguardo você no e-mail do blog: delitosdosexo@gmail.com

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

TEU CORAÇÃO...

"O teu coração menina...
Merece todo o meu afeto,
Minha gentileza, todos os meus mimos. Meus cuidados.
O teu coração merece ser tratado como um doce...
Ser saboreado com calma e prazer.
Seu coração é como se fosse uma caixa de brinquedos,
Que abrimos, todos os dias, para brincarmos juntos.
Teu coração faz o meu bater acelerado,
Faz o meu querer todas as dores e teus afetos.
O teu coração faz o meu querer chorar todas as tuas lágrimas.
Tomá-las para mim.
O teu coração faz o meu coração querer ser seu.
Falar juntos a mesma linguagem, na mesma frequência.
No mesmo tom.
O teu coração me encheu o coração de palavras.
O amor veio depois das palavras,
Conheci teu coração antes de teu corpo. Antes que tua alma.
Conheci, primeiro, a tua essência que bate dentro de teu peito.
Conheci, primeiro, a magia de querer te conhecer.
O teu coração me dá uma pressa do que nunca tive.
Do que nunca conheci.
O teu coração é um relógio,
Que me despertou o amor."

                                           PDR, Setembro de 2013

terça-feira, 30 de agosto de 2016

TRILHAS DE AMOR

Minhas mãos descobrem em teu corpo
O caminho que minha língua
Há de percorrer.
Minhas mãos constroem a trilha que me levará
Ao teu íntimo.
E no encontro sagrado de nossa conjunção
Não seremos apenas dois corpos
Seremos dois rios e desaguaremos no mesmo mar.
                                                     PDR, agoto de 2016
 
 
 
 

domingo, 28 de agosto de 2016

LÁBIOS SHAKESPEARIANOS

A leitora (*) do blog, nos revela seus belos e doces lábios, que nos convidam a um diálogo devassa  e delituosamente inesquecível. E para homenageá-la pelo presente dado ao blog, fiz um poema para ambas: Ela, pela generosidade do presente e à bucetinha dela, pela beleza expressa...!

“Deleito-me a olhar tua buceta mágica
E teus dedos, a tocar nela uma sinfonia trágica,
Como  acordes de uma agonia nostálgica.

Imagino-me o dono dessa canção lúbrica
Com minha língua a tocar nela, a mais linda música
E entre teu clitóris e minha boca surge a mais doce química,

Tua buceta  e minha língua trocam devasso diálogo
E entre nosso  prólogo e epílogo
O prazer entre nós dois é justo. É  um monólogo!”
                                                            PDR, agosto de 2016

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

ANÔNIMA - INFINITO AMOR DE PERDIÇÃO

Minha  leitora Anônima* desnuda-se ante nossos olhos. 
Beleza ímpar, floral, deliciosamente recheada de ternura e luxúria. Uma fêmea deslumbrante: faminta, sequiosa, tesuda, pele como a pétala da flor mais tenra e doce. Uma lembrança inesquecível para esse blog. Um tesão de fêmea.
Fiz um poema simples, muito aquém da beleza perfeita dela: INFINITO AMOR DE PERDIÇÃO!
"Teu corpo é forma sublime
De flor.
Plantada na terra fértil de meu amor.
Tuas raízes tocam meu íntimo
E se alimentam da seiva de meu gozo.

Pela métrica de meu olhar de amor indizível
E intraduzível.
Meço a distância entre teu sexo e teus seios (remanso de meu prazer e descanso),
Onde a visão magnânima do abismo entre tuas coxas
Me desvenda o insondável de minha paixão.

Teu corpo é meu infinito.
É onde a minha perdição é mais doce.
És minha fala, meu diálogo mudo.
És meu  desejo infinito-infinitivo. És tudo!"
 
                       Eu, PDR, declaro a Anônima Linda, Maravilhosa, 
Culpada por tanta beleza, inalcançável a esse Juizado. 
Edite-se, Registre-se, Cumpra-se,
 pois  res judicata est quae finem controversiarum pronuntiatione judicis accipit .

terça-feira, 23 de agosto de 2016

VOZES UNÍSSONAS

Tua boca me diz:  Eu te amo
Minha boca te diz: Eu te amo!
Nesse uníssono trocar de palavras
Nossas bocas nos fazem encontrar o elo
De nossas correntes de amor.
Sou teu, digo-te , minha boca é tua.
Sou tua, me dizes, minha boca é tua.
                                              PDR, Agosto de 2016
 

domingo, 21 de agosto de 2016

PAIXÃO INFINITA

Amo-te com o desespero das paixões infinitas
Amo tuas mãos, teu corpo onde me canso
Teus olhos, onde pouso minhas paixões implícitas
Teu ventre, onde morro de amor e me descanso.

Amo-te com o desespero das paixões incógnitas
Amo teus seios, teu corpo integral e todo o teu segredo
Amo tuas pernas, tuas coxas, tuas formas explícitas
Teus quadris, teu sexo, onde entro e me hospedo.

Amo-te, hoje e sempre, eternamente
Quero-te agora
Quero-te sem demora

Mulher magia que me toca
Que me beija a boca...
Sou teu plenamente”
                              PDR, Agosto de 2016

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

LEITO DE AMAR

Em teu corpo,
Me deito, sonho, durmo.
Minha alma masturba-se
Quando no frenesi do êxtase,
Nosso gozo se mistura entre
Nossos corpos e lençóis.
                          PDR, Agosto de 2016

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

AMOR INCONDICIONAL

Amo tua face de puta
De mulher má, indecente e imoral
Delituosa, suja, prostituta
Venenosa. Quando mordes é mortal.

Amo tua cara mentirosa
Fingida. Falsa. Escondida
Amo tua falsa prosa.
Queria ser dono dessa mentira maior: Tua vida."
                                           PDR, agosto de 2016    
           

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

RAINHA DAS OLIMPÍADAS RIO - 2016

O evento foi prestigiado pela Rainha Olímpica, que se despe aqui no blog!
Ela apareceu rapidamente, o tempo exato para receber todas as medalhas possíveis:
Medalha de Ouro, Medalha de Platina, Medalha de Diamantes, cravejada de Rubis com Esmeraldas...
Linda, esplendorosamente linda, um corpo atleticamente divinal, perfeita em músculos, pernas, peitos, sexo demolidor.... um jogo para ser jogado por toda a vida!
Ela se expõe aqui com toda sua beleza divina...A RAINHA DAS OLIMPÍADAS RIO-2016!
 

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

PROMESSA

Em nossas noites e dias de sexo, luxúria
Paixão enlouquecida, amor e fúria
Nos juramos um amor imortal, intenso
Glorioso, feroz e denso.

Que nossa promessa
E que esse amor louco
Aconteça.
E que se cumpra pouco a pouco.
                             PDR,  Agosto de 2016

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

TEUS OLHOS

Teus olhos são duas praias de areias claras... e mares límpidos.
Numa eu me perco de paixão.
Noutra eu vejo a imagem do amor.
Olho-as várias, milhares, infinitas vezes....
Vejo sempre, ondas de ternura se despedaçando
Dentro de seus olhos.
Molhando as areias que se formam em torno de teus cílios.
E essas ondas vão e voltam, voltam e vão...
Acho que te amar é isso... é um
“Não se cansar nunca de te olhar”
É como se você pudesse me renovar como
Cada onda que sai de ti.
                                PDR, Agosto de 2016

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

sábado, 6 de agosto de 2016

FAROL DE MINHA VIDA

Esse amor que tenho aqui
É teu. Esse amor que tu o conheces
Tu o sabes ser eterno. Infinito. Irrevogável.

Amor construído como um farol
Sólido.
Degrau por degrau.
Único.
Onde tua luz ilumina o mar revolto de minha vida.
Fundido pelo amálgama das noites de lua e
Raios de sol.

Deposito em tua luz
Minha esperança de vida.
A força que emana de ti.
Mesmo que tua luz atravesse maus momentos.
Entrego-me a ti.
Busco, incessantemente, o delírio
De teu ousado amor.
                                   PDR, Março de 2013

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

AL TELÉFONO

YO:
Soy el desconocido. Un desconocido brasileño que se fué para España y el destino me hizo encuentrarme contigo en las calles oscuras madrileñas....para besarte entera, lamerte como un precioso helado y para que nunca te olvides de mí... Sí....  lo haré de una forma para que siempre lo quieras más..... No hablo bién el español....hablo bién el portugues y mi lengua habla la lengua del placer.... el placer infinito que hará con quieras siempre más....

ELLA:
Y como se lame y se besa para que siempre quiera mas?
Eres de los que les gusta recrearse?...hummm...esa lengua...ese es el mejor idioma...el de las ganas...

YO:
Sé que te hice excitarse... fué la intención.. dejarte húmeda.... el coño húmedo....recrearme con intensidad en los lábios de tu sexo. Hace tiempo que me despertas una loca sensación de tenerte mía, bajo mi cuerpo. Hace tiempo y ahora tengo la oportunidad de hablarte con calma... afuera del blog.
Yá me quedé imaginando tu cuerpo, tus piernas, tu sexo, el color de tus pelos.... el terciopelo de tu piel.... Como seria tu boca..... como sería tu mamada en mí..
Me dejas loco....  Tomar tu cuerpo como se fuera un campo de flores... abrir tus piernas lindas.... mirar a tu sexo como una obra de arte.... y dejarme caer en tu sexo con mí lengua hambrienta.... con sed infinita de ti... lamerte abajo arriba.... con sentimiento de lujuria.... meterme la lengua adentro de tu coño rosado.... abrirle bién con mis manos mientras me hablas palabras de corage.....
Dejar tu miel llenarme la boca del licuor del extasis....
Quierome todo de ti....Tenerte bajo mi lengua, bajo la brutal gana que tengo de entrarte fuerte con mi carajo!  Tenerte bajo el domínio de mis manos..... la lengua hambrienta a te encender el fuego.... y después de todo eso.. del placer loco que te daré.... ponerte bajo mi cuerpo.. las piernas abiertas a recibirme duro y hirto..... y una, dos ...tres veces llenar toda con la miel que sale de mí.... ponerte de 4 patitas para lamerte tu trasero.... sentir mi lengua hacerte una carícia ousada que nunca tuvieste.... y tenerte por el coño como una gatita hambrienta....Y después te sigo adentro.... bajo tu cuerpo en mi, hasta llenar de leche tu sexo precioso...
 
ELLA:
Aiiiiiii............ el jefe llegó.. tengo que irme!

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

SPEAK LOW!

 Fale baixo amor!
Não quero sons nem palavras
Quero teus seios, quero beijá-los
Como se minhas carícias fossem tuas escravas.

Que a mistura entre nossas línguas
Busquem o halo de nosso amor e
Efervesça nosso sangue e acenda a centelha
Guardada a fio entre nossos lençóis

Fale baixo. Sussurre.
E que os sons de teus gemidos
Sejam uníssonos aos meus.
Canção única na nossa noite.
                                         PDR, Agosto de 2016